quarta-feira, setembro 10, 2008

Fear

Eu adoro este blog, e lendo o post sobre cenas assustadoras, lembrei que quando era pequena assistia a vários clássicos do terror/suspense como O Bebê de Rosemary, Carrie, a estranha, O bebê maldito, Os Pássaros, etc.
Me juntava com uma prima daqui de Sampa, quando ela ia passar férias em João Pessoa, onde morei minha infância, e locávamos VHS de terror. Tínhamos aquele medinho bobo, mas tudo muito diferente de hoje. Me espanta o quanto fiquei bundona depois de um tempo. Aos 22 anos, tenho pavor deste tipo de filme. Chega a ser perigoso ficar por perto quando vejo alguma cena daquelas silenciosas que dão susto de repente. Isso é verdade. Murros, tapas, e apertos de mão razoavelmente trituradores de ossinhos já aconteceram. Até mesmo em filmes bobos como Shaun of the dead.
Os tipos com espíritos, fantasmas e zumbis são os que mais me amedrontam, então é quase certo que nunca verei o Exorcista ou Poltergeist, por exemplo. Mas depois de ver essa cena, estou querendo dar uma de durona e criando vergonha na cara, para ver, finalmente, O Iluminado.
Meu namorado decidiu baixar o filme, e espero que também decida comprar um capacete. Assistir filme de terror perto de mim é caótico.

6 comentários:

lola aronovich disse...

Veja O Iluminado, e depois me diga se não é o máximo.
Eu gosto muito desse quadro do Munch. Abração!
www.escrevalolaescreva.blogspot.com

RjSouza disse...

Éu sô o lúcifri! Vo espaiá u ódjiu! o terrô.. as coisa caótica!

Jessica disse...

Hahaha sou absolutamente patética vendo esses filmes!
Ou melhor não assistindo me recuso...gosto de preservar minhas noite de sono.heheh

Bruno R disse...

hum estranhei sua ausencia no meu blog. agora ta explicado: tu só lê blogs quando escreve no seu. :P

má fase? :P

Dario Caregaro disse...

Veja O Iluminado.
É o máximo de onde o terror chegará numa tela.
Gostei daqui =]

Cecy disse...

Adoro o Iluminado, a cena dele entrando no quarto proibido e de agarrar a pessoa ao lado e se encolher toda